Tuesday, 30 October 2007

Desabafos 34 – “O homem sem sombra”



Assustado
ele vinha,
desacreditado.
Gritava,
murmurava.
Sem entender,
buscava respostas.

Tolo,
estava perdido.
Sem sua sombra,
não se sentia.
Talvez,
não estivesse,
presente ali.

Corria,
em minha direção.
Como se fosse resposta.
Ao passar esbravejou...
Chamou-me atenção,
parou se os demais.
Todos diante.

Perplexos,
frente ao homem.
Medíocre,
sem sua sombra.
Aterrorizado,
e transpassado.
Morto andante.






willians de abreu

1 comment:

Rennan said...

willlllllllllllllllllllll
;)

mto massa browww
abração