Tuesday, 10 July 2007

Desabafos 14 - "Maldito Verme"




Verme, pobre verme,
maldito verme.
Que sai em meio à lama.
Água sanitária no chão,
Caindo da pia o lodo.
Sujeira e podridão.
Expulsando o verme.

Dia, lindo dia,
dia lindo.
Dia de lavar a pia,
A casa, a vida, o chão.
Por aqui nunca mais.
Maldito verme, esdrúxulo.
Baixo, viral, baixo calão.

Verme, pobre verme,
maldito verme.
O cheiro ruim se exala.
Mas isto é bom.
A sanitária que queima,
Que arde e mata.
Que limpa e tira.

Dia, lindo dia,
dia lindo.
Dia de limpeza,
Câmara limpa,
Senado vazio.
Sem o verme, pobre verme,
Maldito verme ‘corruption’.



willians de abreu

1 comment:

Rennan said...

porra...q loko em?
parabéns broww

mto massa msm