Thursday, 21 June 2007

Desabafos 08 - "A tribo assustada Parte I"




Terra de indígena, todo mundo 'mete' a mão.
Sonegam, roubam e escravizam.
Tudo começa na casa do Pajé.
Terrinha de aldeia, Brasília, na 'canálhia'.
Os grandes chefes estão por lá.
Apitam e fumam o da paz.
Ajudam-se e escandalizam entre si.

Pegam tudo o que vê.
A tribo permanece calada,
ainda que no sofrimento,
poucos gritos ecoam.
Pobres coitados, sem conhecimento.
O Pajé lhes nega estudos.
Passar pela escola agora é 'role'.

Terrinha de aldeia, Brasília, na 'canálhia'.
Os grandes chefes vão seguindo destruindo tudo.
A tribo sem consciência, oferece oferendas.
De quatro em quatro, as festas são comemoradas.
Regadas à pedofilia e corrupção, os chefes
prostituem os filhos da nação.
Povo sofrido, dança e canta.

Em toda essa 'canálhia', os chefes
riem e defendem. Mandam soltar amigos,
vivem em harmonia todo o dia.
A tribo olha de fora, faminta e não entende.
Toda hospitaleira, mas sem retorno.
Ultimamente só se ouvem ruídos, como explosões.
Só que essas perfuram e matam a tribo assustada.



Leia Parte II

willians de abreu

2 comments:

Rodrigo Pastorelli said...

vou fumar o cigarro da saudade...

maravilha!

lucimara said...

Vemos o que queremos ver ... e se estamos inconformados com o que vemos é porque ainda sentimos e lamentamos por tudo que inacreditavelmente ainda possamos ver ... e se GRITAMOS aos quatro cantos é porque nunca vamos nos conformar ... nos acomodar ... Nunca!!! Com certeza Will!!! Bjos. Lu